Comentários
Leandro Cruz Leandro Cruz Author
Title: A EVOLUÇÃO DE WATCHMEN
Author: Leandro Cruz
Rating 5 of 5 Des:
Quando Allan Moore escreveu Watchmen o mundo quadrinhos estava pronto para seu amadurecimento. Os anos 80 ficaram conhecidos como o in...

Quando Allan Moore escreveu Watchmen o mundo quadrinhos estava pronto para seu amadurecimento. Os anos 80 ficaram conhecidos como o início da Era Moderna, quando os heróis e suas histórias ficaram mais adultas, mais sérias. Além da própria obra de Moore, temos o Cavaleiro das Trevas de Frank Miller como expoentes desse movimento. Não acredito que a série de Watchmen virá a ter o mesmo peso, mas é uma mudança.

Já tem alguns anos que estamos vivenciando o auge das produções baseadas em quadrinhos. Seja no cinema, na tv ou nos serviços de streaming, pra onde dirigimos nosso olhar tem algo sendo feito. E para todos os gostos! 

Desde as tentativas da Marvel na Netflix e o Universo Compartilhado da DC na CW, passando por The Walking Dead com a finada FOX e, mais recente, a empreitada de The Boys na Amazon, podemos passar um bom tempo listando as produções baseadas em quadrinhos espalhadas por aí. E ainda tem todo um promissor futuro com o serviço de streaming da Disney...Pórem Watchmen se propõe ser diferente. E consegue.

Sabemos que HBO é sinônimo de qualidade não é? Isso os torna infalíveis? De forma alguma, vide o final de Game of Thrones...Mas quando o anúncio de Watchmen partiu deles, eu confiei. E não me arrependo.

Muitos poderiam ficar receosos com a série ficar nas mãos de Damon Lindelof, mais conhecido por Lost do que por sua OBRA PRIMA The Lefttovers (caso precise, toma 10 motivos pra assistir!), mas confiei. Mais ainda quando foi deixado claro que não seria uma adaptação das HQs mas sim uma continuação de sua história. Nas proximidades do lançamento já convivíamos com as notícias que o produtor, Lindelof, tinha construído uma história para uma temporada, fechada, concluída em si mesma. 

Contando com 9 episódios, podemos viajar pela visão moderna da continuação de uma trama dos anos 80. Se quando a obra original foi escrita por Moore o mundo passava pela Guerra Fria e a tensão nuclear, a série da HBO se aprofunda em um tema perigoso e forte em nosso tempo, a questão do racismo e de supremacistas brancos.

O mundo de Watchmen de Lindelof respeita a obra original enquanto moderniza algumas situações. Grande parte dos personagens clássicos estão lá, ao mesmo tempo que o mundo seguiu em frente dentro do que foi proposto nos quadrinhos. 

Talvez o ponto mais gritante e que chama atenção, referenciando o original, seja a utilização da máscara do Roscharch pelo grupo de supremacistas conhecido como Sétima Cavalaria, uma versão moderna da KKK. O personagem do detetive se tornou um ícone graças, principalmente, ao filme de Snyder em 2008. O controverso diretor porém não foi capaz de colocar na tela toda a dualidade de seu personagem, o tornando muito mais um herói antipático do que o que Moore queria para ele...

O fato da série não nos pegar pela mão, não se preocupar com explicações e ter sua cota de referências bíblicas torna tudo ainda mais Lindelofiano. É uma ótima produção, uma grande história fechada em seus 9 episódios e que vale a pena. Watchmen da HBO pode não revolucionar o mundo como seus quadrinhos fizeram, mas mostrou que é possível um caminho diferente para as produções baseadas na sétima arte. Apreciemos. 
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top