Comentários
Ruan Wendell Ruan Wendell Author
Title: CRÍTICA - LOCKE AND KEY: FANTASIA DARK QUE SURPREENDE
Author: Ruan Wendell
Rating 5 of 5 Des:
Locke and Key é uma das séries de fantasia da Netflix lançada recentemente no dia 7 de Fevereiro. A série vem como uma aposta junto à o...



Locke and Key é uma das séries de fantasia da Netflix lançada recentemente no dia 7 de Fevereiro. A série vem como uma aposta junto à outras séries do mesmo gênero. Locke and Key foi adaptada dos quadrinhos, da série de mesmo nome escrita por Joe Hill e ilustrada por Gabriel Rodriguez.

Em resumo, a narrativa conta a história da família Locke e como suas vidas são mudadas a partir do evento da morte do pai das crianças, Bode (Jackson Robert Scott), Tyler (Conor Jessup) e Kinsey (Emilia Jones), e a decisão da mãe Nina Locke (Darby Stanchfield) de se mudar para a antiga propriedade onde o pai das crianças viveu sua infância. A história então segue com o mistério que envolve a casa, bem como a descoberta de chaves mágicas na casa por Bode e depois pelo resto das crianças.

Embora a trama da série tenha o foque no mistério sobrenatural que cria o clímax da história, em todos episódios é possível perceber que muitas vezes esse foco muda ou é um pouco deixado de lado para dar espaço ao drama e ao desenvolvimento pessoal de cada personagem, o que para mim deixou a história ainda melhor.

A questão das chaves e como a magia é desenvolvida, claro nos quadrinhos e agora na série, é muito interessante e diferente. A ambientação da série foi bem feita, e o "clima" dark de algumas cenas surpreendem.

Um dos pontos marcantes da série é a forma com que cada personagem lida com a tragédia da morte de Rendell (Bill Heck), seja expressando ódio ou retidão, fica evidente em cada um deles o sofrimento e o trauma que o evento causou, sendo esse evento mencionado diversas vezes na história e no qual a trama gira entorno, além de também impulsionar a busca por respostas tanto pelas crianças como por Nina.



A história do passado de Rendell e seus amigos também é bastante interessante e a revelação a cada episódio nos faz ansiar por respostas e por entender o que realmente aconteceu. Acho um dos fatos importantes deixados de lado foi a origem das chaves e o porquê delas estarem ali, mas acredito que teremos essas respostas nas temporadas seguintes, espero.

Um dos poucos pontos que não me agradaram na série foi o o comportamento de alguns dos personagens. Pode ser uma opinião pessoal, mas algumas cenas, principalmente nos episódios finais, pareceram um pouco "forçadas" devido a más decisões de alguns dos personagens.

Outro ponto que me irritou um pouco foi a mudança repentina das características de alguns deles, como por exemplo Tyler, que no começo da série parece estar em uma fase de revolta, de repente se torna "bonzinho", chegando a parecer realmente "bobo" em alguns episódios. É possível sim entender a mudança de comportamento de Kinsey, que ocorre devido a um evento em um dos episódios (talvez vocês achem que é spoiler, então não direi rsrs), mas ainda assim ela se torna ralmente insuportável em algumas cenas.



Fora isso, a série me surpreendeu bastante, de maneira positiva. Acredito que foi uma adaptação muito bem feita, com drama, suspense e "dark" na medida certa e que com certeza agradará a um público variado. As cenas de magia foram bem desenvolvidas e são bastante realistas. Bode foi o personagem favorito para mim, uma criança inteligente e que realmente cativa durante a história (muito mais esperto que os irmãos!).

A série deixa um enorme gancho para próxima temporada, assim como informações que ainda precisam ser esclarecidas, e sim, já estamos esperando com ansiedade! Fiquei com muita vontade de ler os quadrinhos. E vocês, já leram os quadrinhos ou assistiram a série? Deixa para gente aí nos comentários.













Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top