Comentários
Jéssica Ohara Jéssica Ohara Author
Title: ESPECIAL DDS: MARATONA NATALINA!
Author: Jéssica Ohara
Rating 5 of 5 Des:
Fala aí, galera! Nessa véspera de Natal, a equipe do DDS lançou uma análise foda dos principais filmes e séries natalinos. É uma overdose de...

Fala aí, galera! Nessa véspera de Natal, a equipe do DDS lançou uma análise foda dos principais filmes e séries natalinos. É uma overdose de Merry Cristhmas! Vem ler aqui!

                                    

Dash e Lily

Quem diria que essa série era tudo o que eu estava precisando nesse momento? Um daqueles programas capaz de aquecer essa alma destruída por 2020. A história acompanha as vidas de Dash e Lily, dois solitários adolescentes que têm pouco (e tudo) em comum. Os dois acabam envolvidos em uma troca de cartas através de um caderno vermelho misterioso, contar mais seria spoiler, mas digamos que com certeza dá em romance. A série tem episódios curtos e por melhor que seja isso, compromete um pouco o desenvolvimento de personagens secundários. apesar disso, ela é capaz de mostrar uma grande diversidade de credos, raças e orientações sexuais, tudo sem estereótipos. Se você quer ter um pouco de esperança nesse fim de ano, recomendo Dash e Lily.



Happiest Season

A maior parte dos filmes de natal são clichês e é disso que a gente gosta. Com Happiest Season, não é diferente. A história é sobre o casal Harper e Abby, duas jovens apaixonadas que em uma noite mágica decidem que vão passar o Natal na casa dos pais de Harper. O que  Abby não sabe é que a namorada nunca contou para a família que era lésbica. Por essa razão, as duas fingem que são colegas de quarto e heterossexuais. Claro que isso gera muitas confusões dentro da já disfuncional família de Harper. Eu gostei muito do filme, é bem feels good e tudo mais, só que com uma conotação crítica sobre o que significa ser aceito pela família.  Kristen Stewart está longe de ser minha atriz favorita, mas deu pra levar.



Godmothered

Eu não sei pq tinha alguma expectativa sobre esse filme, foi bem aquém de qualquer coisa que eu tinha previsto. Não chega nem a ser uma boa produção, os atores parecem que estão lá só por obrigação (Isla Fisher tbm paga boletos). A história é sobre uma fada-madrinha, Eleonor, que quer provar que ainda há um espaço para fadas no mundo e assim impedir que a Terra das fadas madrinhas seja fechada. Para isso ela resolve assumir o caso de uma menina chamada Mackenzie, o único problema é que ela chega lá tarde demais e a menina já é uma adulta com duas filhas. É uma premissa fofa, mas que  não foi bem desenvolvida. Acho que não ri em nenhum momento.



How to ruin christmas

Não tinha como eu gostar mais dessa mini-série. O elenco está incrível e as piadas batem perfeitamente. A história é sobre uma mulher, Timu, que mora em Cape Town e volta para Joanesburgo para o casamento da irmã, Beauty. A família é completamente disfuncional e está ainda mais desorganizada com o grande evento. Entre brigas, segredos e arranca rabo, nós vamos nos apaixonando pelas personagens em um estilo bem Fleabag, no qual a gente ama, mas vive falando "minha filha, vai mesmo fazer isso?".

obs: não achei gif, gente! sorry

Sugar Rush:  Natalino

Eu gosto muito de programas de culinária, principalmente quando o foco é comida doce. Nessa versão do Sugar Rush, cada programa tem quatro duplas diferentes disputando por dez mil reais por episódio. Foi divertido de assistir, mas não que me prendesse muito. Fiquei só com o primeiro episódio e demorei mais do que devia para assistir. Prefiro Nailed it!



Uma Invenção de Natal

Se eu pudesse colocar um filme num potinho e guardar no meu coração seria com certeza Uma Invenção de Natal. O musical é sobre um grande inventor que tem a sua obra-prima roubada e acaba aos poucos deixando de acreditar na mágica. Depois de alguns anos, sua neta vem visitá-lo e o relembra de como é bom inventar. O elenco é perfeito demais, todos os atores conseguem segurar seus papeis e nos encher de amor. Tem algumas falhas sim, mas nada que não possa ser ofuscada pelo desenvolvimento do filme. E quase todo mundo no filme é negro, melhor impossível.



O Presente de Natal de Ângela

Ângela é uma menininha muito criativa que ama o Natal, ela vive na Irlanda com a sua família. Eles não têm muito dinheiro, mas se amam muito. Infelizmente, o pai foi trabalhar na Austrália e por isso há dois anos eles não têm um natal junto. Dessa vez, Ângela tem a ideia de arranjar alguma maneira de trazer o pai para passar as festas com eles. Eu achei a história bem fofa e curtinha, a única coisa que atrapalha é que a animação em si não é de boa qualidade, refletindo provavelmente o baixo custo da produção. A canção tema aquece o coração.



E vocês? O que acharam desses filmes/séries? Quais não entraram, mas deveriam? Contem pra gente!

UM FELIZ NATAL DA EQUIPE DDS

Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top