Comentários
Mylla Santos Mylla Santos Author
Title: MIDDLESEX: O AUTODESCOBRIMENTO
Author: Mylla Santos
Rating 5 of 5 Des:
"Nasci duas vezes: primeiro como uma bebezinha, em janeiro de 1960, num dia notável pela ausência de poluição no ar de Detroit; e de no...


"Nasci duas vezes: primeiro como uma bebezinha, em janeiro de 1960, num dia notável pela ausência de poluição no ar de Detroit; e de novo como um menino adolescente, numa sala de emergências nas proximidades de Petoskey, Michigan, em agosto de 1974." Ironicamente, Calíope Stephanides está morando em Berlim, cidade que por décadas se viu dividida, quando começa a relembrar sua própria história, marcada pelo desvio e pela busca de unidade.
Sua narrativa percorre então três gerações da família greco-americana Stephanides, tendo como ponto de partida o começo do século XX, quando seus avós deixam um vilarejo nas encostas do Monte Olimpo para se instalar em Detroit, nos Estados Unidos. Em plena Lei Seca, a "Cidade dos Motores" experimenta seus dias de glória, até que eclodem os protestos da população negra, em julho de 1967, que obrigam a família a se mudar para Michigan. Nesta altura, Callie é uma menina de doze anos.
Para entender o que a tornou tão diferente das outras meninas, Calíope precisa investigar segredos de família e a espantosa história de uma mutação genética que atravessa as décadas e a transformará em Cal, um dos mais audaciosos narradores da ficção contemporânea. Sofisticado, recheado de referências literárias, e ao mesmo tempo envolvente, Middlesex é uma reinvenção do épico americano, que alia as tradicionais sagas familiares à mais virtuosa narrativa pós-moderna.



Imagine a seguinte situação: viver nos anos 70 nos EUA em uma família ortodoxa, numa sociedade religiosa e científica que ignora as dúvidas de uma pessoa fora do comum! Esse é o desafio de Cal.

Vivendo como menina a maior parte de sua infância e adolescência, Cal começa a puberdade com muitas coisas ainda indefinidas. Após muito medo dos pais e da sua reação, ele vai se descobrindo, tentando compreender seu corpo, suas escolhas e preferências, seu lugar no mundo, até que, após um acidente com um trator, o médico que o trata descobre sua síndrome, Cal é levado a uma clínica especializada e passa aos poucos tomar ciência da sua condição e acontece um longo processo de aceitação de sua identidade. 

Uma história que mistura romance, drama, aventura, suspense e comédia de forma equilibrada. Envolvente, inteligente, provocador, polêmico e muito fascinante. Cal volta três gerações da família Stephanides para explicar a mutação no seu gene. A narrativa do passado tem início momentos antes de seus avós fugirem da Grécia e passa pelas duas guerras mundiais, a grande depressão, lei seca, segregação racial, até chegar no ponto em que sua vida começa.

Confesso que a primeira e a segunda parte são mais arrastadas, mas entendo que elas são importantes para se entender a estrutura familiar que o personagem cresceu e como foi influenciado por eles. A narrativa em primeira pessoa faz com que nos aproximemos dos personagens. Sua história foi baseada no relato do intersexual Herculine Barbin que o escritor leu em 1980 e considerava mal explorado. Poderia escrever uma longa resenha sobre este livro ou até mesmo escrever um outro livro sobre tudo o que achei dele, mas tudo isso seria pouco, não chegaria perto de como ele realmente é e como essa leitura foi prazerosa.

"Nasci duas vezes: primeiro como uma bebezinha, em janeiro de 1960, num dia notável pela ausência de poluição no ar de Detroit; e de novo como um menino adolescente, numa sala de emergências nas proximidades de Petoskey, Michigan, em agosto de 1974."

 

Título: Middlesex
Autor: Jeffrey Eugenides
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 576
Ano: 2014
Onde comprar: Amazon



Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top