Comentários
Ruan Wendell Ruan Wendell Author
Title: O SEMINARISTA: UMA BELA E TRISTE HISTÓRIA DE AMOR
Author: Ruan Wendell
Rating 5 of 5 Des:
  O Seminarista narra a história de Eugênio e Margarida e o amor que desde a infância é despertado nos dois, bem como as dificuldades que el...

 





O Seminarista narra a história de Eugênio e Margarida e o amor que desde a infância é despertado nos dois, bem como as dificuldades que eles encontraram nesse caminho.

Eugênio é um jovem sensível e como o autor diz: "dotado de índole calma e pacata", inteligente e com grande interesse religioso, seus pais o vêem como um futuro e perfeito padre e irão fazer de tudo para que isso se torne realidade.

Quando fica evidente a ligação do menino com Margarida, a filha da empregada da família, os pais de Eugênio decidem que já é a hora de enviá-lo ao seminário.

Será que esse amor irá sobreviver?




O Seminarista foi um livro que não só me surpreendeu mas tornou Bernardo Guimarães um de meus autores brasileiros favoritos. A escrita de Guimarães é simplesmente perfeita, poética, bela e cheia de significado.

Ainda mais forte que em A Escrava Isaura, em O Seminarista, Bernardo Guimarães mostra um escrita poderosa aliada a belas descrições. Nada no livro é em vão, uma história simples mas profunda e significativa.

Um dos pontos mais interessantes é a alegoria/analogia entre a história de Eugênio e Margarida com a de Adão e Eva e a queda do paraíso. Isso é claramente referenciado a história, iniciando com o episódio da serpente se enroscando em Margarida, quando esta ainda era uma criança.

Essa cena em especial é muito interessante. Em uma análise mais aprofundada, percebemos que é a partir daí que o autor deixa claro sua analogia entre as histórias. Fazendo alusão a isso através da própria fala/pensamentos de personagens como a mãe de Eugênio.

A serpente lambe Margarida, como que a acariciando. A serpente que tentou Eva também não a ataca, mas fala belas palavras, seduzindo-a, a fim de que ela pecasse comendo o fruto proibido. Assim a mãe de Eugênio vê nessa cena um prenúncio do que viria a acontecer, um mal envolvendo Margarida.

A visão e significado (ao menos como pensado pela mãe de Eugênio) dessa cena volta à tona quando Eugênio já no seminário vem visitar os pais e "reaviva" o amor por Margarida. E depois, volta novamente, dessa vez para atormentar o rapaz quando ele acredita que sua amada havia se casado.

É interesante, por que na verdade a traição e mentira parte principalmente dos pais de Eugênio, que queriam a todo custo ver o filho um padre, além dos próprios padres do seminário, que vêem em Eugênio um futuro grande padre.

Pelo egoísmo (parte do patriarcalismo) tanto dos padres quanto dos pais, o fanatismo religioso e falta de empatia com o amor do filho por uma moça "de classe inferior", eles o relevam a uma vida ascética, contra sua vontade, sufocando seu amor pela moça e levando-o a um trágico final.

Patriarcalismo, clibato clerical, autoritarismo das famílias do século XIX são alguns dos tópicos tratados por Guimarães, aliada a uma escrita poderosa e belíssimas descrições que tornam a história significativa.





Título: O Seminarista

Autor: Bernardo Guimarães

Editora: Principis

Páginas: 128

Ano: 1872

Compre aqui: Amazon
Reações:

Sobre o Autor

Postar um comentário Blogger

 
Top