Comentários
Jéssica Ohara Jéssica Ohara Author
Title: TORTO ARADO: CAMINHOS ENTRELAÇADOS
Author: Jéssica Ohara
Rating 5 of 5 Des:
"Vencedor dos prêmios LeYa (2018), Jabuti e Oceanos (2020). Um livro comovente que traz a herança dos clássicos. Bibiana e Belonísia sã...


"Vencedor dos prêmios LeYa (2018), Jabuti e Oceanos (2020). Um livro comovente que traz a herança dos clássicos. Bibiana e Belonísia são filhas de trabalhadores de uma fazenda no Sertão da Bahia, descendentes de escravos para quem a abolição nunca passou de uma data marcada no calendário. Intrigadas com uma mala misteriosa sob a cama da avó, pagam o atrevimento de lhe pôr a mão com um acidente que mudará para sempre as suas vidas, tornando-as tão dependentes que uma será até a voz da outra. Porém, com o avançar dos anos, a proximidade vai desfazer-se com a perspectiva que cada uma tem sobre o que as rodeia: enquanto Belonísia parece satisfeita com o trabalho na fazenda e os encantos do pai, Zeca Chapéu Grande, entre velas, incensos e ladainhas, Bibiana percebe desde cedo a injustiça da servidão que há três décadas é imposta à família e decide lutar pelo direito à terra e a emancipação dos trabalhadores. Para isso, porém, é obrigada a partir, separando-se da irmã. Numa trama tecida de segredos antigos que têm quase sempre mulheres por protagonistas, e à sombra de desigualdades que se estendem até hoje no Brasil, Torto Arado é um romance polifónico belo e comovente que conta uma história de vida e morte, combate e redenção, de personagens que atravessaram o tempo sem nunca conseguirem sair do anonimato."



Torto Arado é um livro que eu tinha ouvido bastante falarem sobre, mas por incrível que pareça, eu mal sabia qual era a sinopse. Toda a informação que eu tinha era que o livro arrebataria meu coração e seria uma revolução no que eu conhecia na narrativa. Mas não foi isso o que aconteceu, Torto Arado não me deu aquela paixão alucinante que faz com que a gente fique até ás três da manhã lendo. O que ele me deu foi um velho amor, conhecido, que sabe como te capturar e manter aquele sentimento para além das 300 páginas. Ele me deu o realismo fantástico latino americano.

Itamar Assunção faz revolução, mas é ao escolher seus temas na realidade brasileira, que tal como em seu livro parece atemporal. O que Gabo e outros fizeram ao trazer a essência de sua cultura para os livros, Itamar faz com maestria e leveza. Nós estamos no recôncavo baiano e acompanharemos a saga familiar das irmãs Belonísia e Bibiana, duas meninas negras que nascem na Fazenda Água Negra. Ao lado de seu pai, Zeca Chapéu Grande, sua mãe, Salu, sua avó, Donana e alguns irmãos, ambas vão aprendendo o significado de ser quem são e da força, não do destino,mas do passado.

Na história, descobrimos como um ato de curiosidade muda as linhas das vidas das irmãs. Elas se entrelaçam entre si e com a própria terra que coabitam. Zeca é um poderoso conhecedor dos encantados e das curas, ele ensina a toda a sua família a ver o mundo de um jeito integrado entendendo o que a terra pode dar e o que ela demanda. Todos vivem ainda nos mesmos resquicios dos sistemas de escravidão, em um trabalho eterno para sobreviver. 

Eu gostei muito de como o livro aborda a pobreza no seu cotidiano. Como alguém que já passou muitas dificuldades, me incomoda quando eu vejo retratos irrealistas do que é ser pobre e negro no Brasil, como se fossemos imagens de coitadismo digno de pena. Quando nada mais somos aqueles que mantém tudo de pé e não somos reconhecidos.

A constante dificuldade não foi algo que a família de Zeca se acostumou, mas sim aquilo que eles têm que viver. Não é como senão houvesse orgulho ou vontade de mudança. Cada personagem de Torto Arado é forte e não que ele se tornou forte pelo sofrimento, ele é o que é. Os papeis estão na mesa e cada um assume sua responsabilidade esperando pelo melhor momento para se ver livre e libertar.

O meu sentimento após a leitura foi um misto de doçura e tristeza, eu vi muitas histórias do passado de grandes figuras e até de minha própria família. É uma viagem sobre religiosidades e principalmente fé  no homem, na terra e no entre. 




AUTOR: Itamar Vieira
PÁGINAS: 280
EDITORA: Todavia
LANÇAMENTO: 2019
ONDE COMPRAR: Aqui




Sobre o Autor

Próximo
Este é o post mais recente.
Anterior
Postagem mais antiga

Postar um comentário Blogger

 
Top